União Cristã Evangélica

de Militares e Servidores Civis

em Segurança Pública no Estado de Goiás

Testemunho Coutinho

Testemunho Coutinho

1. QUAL É A MINHA HISTÓRIA?

A) O que eu era:

  1. Clinicamente:
    a) um dependente químico: de álcool;
    b) um depresivo: dependente de remédios antidepressivos e anti-ansiolíticos;
    c) um suicida em potencial;
  2. Socialmente:
    a) um cara com distúrbios psíquicos;
    b) um egoísta e egocêntrico.

Hoje eu posso dizer que, na verdade, eu era uma pessoa com um grande problema: eu estava total e espiritualmente subjulgado pelo pecado !!!!
Isso tornava meu problema não mais físico ou social, mas Espiritual!

Para agravar o quadro:

  1. meu tempo com Deus foi se declinando e se corrompendo até parecer sem razão;
  2. minha orações passaram a trazer apenas alívio temporário;
  3. a Bíblia se tornou um texto banal e cansativo;
  4. Minha vida com Deus parecia sem vida;
    Eu conhecia Jesus, a Bíblia e sabia que uma vida de intimidade com Deus poderia me trazer alívio, mas, mas isso não passava de conhecimento, não fazia a menor diferença em minha vida.

Eu O fato é que eu tinha plena consciência de que tudo estava errado, entristecia-me profundamente por isso, mas não conseguia fazer nada para mudar a situação.
Tudo o que eu não queria fazer, ou seja, beber e ingerir remédios, era o que eu mais fazia… Ao invés de Deus ser o meu refúgio secreto, os remédios e o álcool passaram a sê-lo. Tudo era como uma ‘areia movediça’: quanto mais eu lutava contra, mais eu me afundava.
Foi então que eu me vi realmente me ‘atolei’, cheguei ao fundo do poço. Nesse momento, sem forças, eu nem lutava mais… Foi aí que cheguei à conclusão de que:

1º eu tinha um grande problema…

2º por meus próprios méritos e esforços não seria possível resolvê-lo, ou seja, me libertar, pois, apesar dos meus inúmeros esforços anteriores, eu permanecia no mesmo lugar.
3º eu precisava de ajuda.

4º havia alguém que podia me ajudar e esse alguém era o Senhor;

5º o Senhor nos ajuda usando pessoas.

Deus é fiel, meus irmãos. Ele mandou as pessoas certas. Eu só precisei aceitar a ajuda… Eu precisei admitir que estava fraco e incapaz de buscar, sozinho, essa solução…
A ajuda chegou através dos Pastores Ricardo, Roberto e Luiz Pereira, que literalmente me conduziram para o Ministério Jovens Livres.
Hoje eu percebo que Deus sempre ouve nossas orações. Ele estava ouvindo minhas súplicas e preparava algo maior do que ‘eu pedia, pensava ou sonhava’. Ele se importava comigo e já o fazia desde a fundação do mundo… Tanto que há 40 anos atrás fundou o Movimento Jovens Livres.
Meus irmãos, Deus está no governo de todas as coisas e nada estava ‘perdido’… Ele esta no controle.

PARA ENCURTAR A HISTÓRIA…
Deus moveu montanhas (os pastores, os irmãos, a família e até plantou nos corações de vários irmãos o amor por dependentes químicos, de tal maneira que fosse possível a criação de um ministério de cura e libertação onde eu pudesse ter uma vida nova e a partir dela poder te dizer que ainda há jeito… Seu caso, meu caso, não está perdido, há uma solução…

2. O QUE EU APRENDI NO MJL?

Todos me perguntam: Aprendeu? Como assim? Você já não era um conhecedor da palavra?
Realmente eu conhecia, mas só de ouvir falar. Durante a internação no Movimento Jovens Livres, apesar de ter sido um tempo de deserto de vales, tive a oportunidade de:

  1. reavaliar a minha vida espiritual e centrá-la não nos meus próprios desejos, mas na ‘boa, perfeita e agradável vontade de Deus’.
  2. descobrir que temos que estar dispostos a morrer todos dias para que sobrepuje a soberana vontade de Deus. Isso implica em uma avaliação diária de nossa vida…
  3. reconhecer e confessar constantemente os meus pecados a Deus;
  4. declarar o meu amor pelo Deus triuno;
  5. amar o próximo, independente a situação, pois isso não é uma opção, mas uma obrigação;
  6. lutar contra a carne, para praticar o que a Palavra de Deus nos tem ensinado, pois nem sempre praticamos o que aprendemos;
  7. depender e esperar em Deus – o que não é fácil – e se render a Ele;
  8. nossa luta não é carnal e sim espiritual e que devemos usar as armas espirituais contra o nosso ‘arqui-inimigo’ – Satanás, revestindo-nos, diariamente, com a armadura de Deus;
  9. alimentar diariamente da Palavra;
  10. zelar para uma melhor intimidade com o Senhor;
  11. agradecer a Deus em qualquer situação;
  12. como diz a Irmã Eulina, uma das obreiras do MJL, ‘aprender a estar diante do Senhor como se fosse uma criança, simplicidade e sinceridade no sentir, no pensar e no falar’;
  13. exercer fé e como dizia o irmão Elton, um dos estagiários do MJL, a ‘minha libertação e minha cura não são para ver ou sentir, mas para crer!!!’ – Ela realmente se concretizará quando sair do MJL.’

3. E AGORA, O QUE PRETENDO FAZER?

  1. Buscar uma intimidade profunda com Deus;
  2. Investir mais no reino de Deus;
  3. Buscar um verdadeiro avivamento interior;
  4. Buscar humildade no espírito;
  5. Clamar a Deus para ser um grande instrumento em suas mãos;
  6. Ter uma vida completamente grata a Deus investindo na sua obra.
  7. viver um dia de cada vez.
  8. Colocar qualquer um de meus planos para o futuro no centro vontade de Deus!!!
  9. E o mais importante… quando eu errar ou falhar, não deixar de fazer o retorno, mecolocando aos pés do Calvário!!!

4. O QUE EU TENHO A LHE DIZER SOBRE TUDO?

Esse mesmo DEUS quer fazer com você muito mais do que ele fez em minha vida, basta apenas você deixar DEUS entrar no seu coração, DEUS quer apenas uma chance para mostrar a vocês que só ele tem a verdadeira razão de viver…
Deus te ama, pois ele é amor. É por causa desse amor que hoje eu posso dizer que amo todos vocês.